lirikcinta.com
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

lirik lagu 05. cnr – assassinos de cinza – consciência na realidade

Loading...

oh deus hoje só peço pra você livrar os meus
dos vermes que no enquadro já chega batendo pra depois perguntar o nome
a revolta é constante desse mundo a tristeza nunca some
eu tinha paciência como monge o tempo ti consome
a polícia é covarde já vem na porrada
querendo forja pra cima dos parça
trapaça, farsa, muita bala pouco estudo e muita cobrança
armamento bélico, bomba matança, o mundo girando
e o menor vivendo sem esperança o politico só ganância
no mundo da música onde se vacilar você dança
onde minha rotina cansa outra volta do trabalho
e na cara do verme a mesma arrogância
mais uma mãe que chora mais uma bala perdida
que se acha no beco da vila menos um dia já é estatística
e -ssim o mundo nos ensina no enquadro ou fica calado
ou toma chute de uma bota de bico de aço
eu não chamo de senhor um verme que por estado matou
mais uma vitima e pra eles tem saída fogem do b.o e que se foda a vítima
vem a revolta da população pneu e faixa fechando a avenida
o povo só quer resposta e justiça mais só ganha tapa e bala perdida
o estado não se preocupa com o sangue derramado
no caixão mais um favelado o estado quer o povo calado
sofrendo e sem alimento adequado mais que se foda
o mesmo povo paga todas as contas e mesmo -ssim só vive de resto

no brasil nem precisa comfirmar eutanásia
o monstro de farda já descarrega na sua cara

o gambé vai ganha honra na farda com sua morte
você vai ser mais um defunto descendo no barbante
a chacina e acolhida meramente por dia
a cada 9 minutos se vai mais uma vida
a pm não pensa em ordem e progresso
só pensa na mãe chorando com filho no necrotério
diplomados em mata, especialistas em doloso
culposo não existe quando disparo vem da arma de fogo
dia e noite em qualquer viela vira treblinka
onde protetores da cl-sse rica te extermina
na casa da madame tem a sua proteção
enquanto aqui o meu povo implora por redenção
mais como redenção se a porra da força tática
tem o sonho de te jogar a 7 palmos do chão
quero livramento pra toda essa nação
que na rua não seja alvo de um despreparado sem noção
na acadepol do espirito santo o treinamento e pra te fuzila
e fazer sua mãe ir no iml reconhece o corpo e chora
que puta patifaria eles eclodir em toda esquina
forjamento, espancamento e o que faz parte da rotina
cuzão que trava o rifle na coluna do individuo
e ameaça a aperta a porcaria do gatilho
chora no empecilho se eu ver morrendo na rua
se pedi minha ajuda, eu ajudo a te da mais um tiro

no brasil nem precisa comfirmar eutanásia
o monstro de farda já descarrega na sua cara

vivendo todo tempo na vida é só esculacho
o corre é na norte a zona sul quer ver embaixo
cada viela nois corre um risco é mais um precipício
trabalha a vida toda e o dinheiro é só pros rico
pichação pelo morrão pra nois e arte
boy cu fala do morro mas nunca sai da cidade
a cora da tinta na parede é preto o tempo inteiro
se o preto sai daqui os verme deixa o chão vermelho
dizem confundir o nome ou apelido
mas no iml será reconhecido
homicídio culposo sem intenção de matar
não importa o artigo mais uma família vai chorar
aqui a paz não ta nem no cemitério
o giroflex apaga a luz e acende a do necrotério
com falta de educação o povo fica com sede
aluno na porta da escola de costas pra rua com amão na parede
desde sempre foi -ssim ainda continua
se não for dentro de casa seu filho apanha na rua
então fora presidente pode ser qualquer um
não adianta nada se roubar lá e comum
pobre quando é preso só tem perdão no céu
playboy paga fiança e é chamado de réu
o rap não e crime então não sou bandido
se depender de min presidente vira mendigo

no brasil nem precisa comfirmar eutanásia
o monstro de farda já descarrega na sua cara