lirikcinta.com
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

lirik lagu 16 singular ou plural parte 2 (fim) prod. kr e druk – fernando kep

Loading...

ouvir mais do que falar
transpirar mais e ressecar menos
chorar como se não tivéssemos falta d’água
viver por viver
não porque sabemos que morremos

ninguém faz nada sem pensar
o resultado nem sempre corresponde a fórmula
matemática sem exatidão
só vale porque muitos estão fora de formar lá

fora da caixa, porém dentro da bolha
vida roda gigante é, são várias voltas em cima de voltas
fotografias não cabem em estantes
porém cabem nas nuvens
não nas de antigamente
que só alagava e acalentava os sonhos
de um orador missionário
singular quando for repensar os seus atos
pluralista quando for dialogar com fatos
que contra argumentos são kriptonita
criptografa rap de cria, rima bem rara
ideia enigmática sem restrição de idade
transmissão cibernética
ser desse tempo é hard
decepção genética
tocar a ferida arde
curar a ferida meta
nutrir sua mente de ar puro
silêncio. 1 segundo, 1 minuto
vai respira….

quem vai filosofar e rimar de menos pai
quem vai rimar em paz e continuar sofrendo, ai
e o movimento carai, esse sentimento de mais?
conhecimento sedento, colhendo dúvidas
2x

s*m*nte oh, s*m*nte hey, se nao mente
permita*se mentir só pra você!
fingir que é feliz
nem sempre é o bastante
entender sua tristeza
pra reverter a adiante
2x

dois passos atrás e dar um a frente
mesmo que nao adiante
feliz em busca de um significado
ressignificando a felicidade
que antes era utopia pra tantos
nossos, deles, votos, sede de mudança
rebelde sem causa, não há problema
o amadurecimento faz você entender pelo que luta
ou quais são seus métodos pra vencer sua angústia
que já é uma guerra, escuta
nosso problema é sempre o pior
não dar pra ter empatia
dói tanto essa palmada
minha mãe parou de nos bater quando a gente ria
quem dera se fosse ironia
“uma mão amiga, não se permite chorar”
dizia: “criei filhos pro mundo, não mundo pros meus filhos”
mais um rap chato pra conta risca da lista
mãe…