lirikcinta.com
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

lirik lagu dança do diabo – peia

Loading...

[letra de “dança do diabo”]

[verso 1]
desafiado pela literatura com o meu lápis afiado
no papel danço a dança do diabo
e já nem sei se bazo ou se danço mais uma
costume vem do acaso que por acaso costuma
continuar a refletir como a rotinária chama
que me chama para o drama e me trama toda a semana
saio da cama sem motivação procuro uma orientação
não encontro nada o fumo leva tudo em vão e então
gera inspiração pura e séria
que isto é nova escola a rapar os tachos da velha
sempre a consumir ya, sonhar e sorrir
mas sonho é pouco!
na vida luta se para se existir
saber a rota certa para mudar a rotina
tentar viver a vida antes de fechar a cortina
largar a mão do diabo e acabar com a dança
dar sentido ao sentido e equilibrar a balança
eu penso nisso

[refrão]
mas o diabo não me larga, não
e não me larga, não
e não me larga, não
ele quer continuar na dança
mas a dança está marada, irmão
e não me larga a mão
eu penso nisso
mas o diabo não me larga, não
e não me larga, não
e não me larga, não
ele quer continuar na dança
mas a dança está marada, irmão
e não me larga a mão

[verso 2]
num copo de absinto solto o labirinto
esqueço me do que sinto tudo parece distinto
faminto sigo o instinto a tentar o fugir da cela
viajem para outro mundo
com aquela bela wella na mão
bora lá então tropas é a vontade
se é para criar ação bota ação nesta cidade
eu estou farto desta simplicidade
dá*me um reflexo sem nexo
sem controversos em versos com perplexidade
sou o domínio do fascínio que anda fascinado
e bota a tag na parede sempre inquestionado
tudo é desordenado
e aquele que é ordenado pelo magnata
nem sabe o que é ter um ordenado
e agora diz*me será que todos os céus são azuis
dizes sim mas no fundo também não contribuis
dizes não à mão pobre que se estende à tua frente
enquanto dás mais a quem tem mais que toda a gente
e sabes isso
[refrão]
mas o diabo não me larga, não
e não me larga, não
e não me larga, não
ele quer continuar na dança
mas a dança está marada, irmão
e não me larga a mão

eu penso nisso
mas o diabo não me larga, não
e não me larga, não
e não me larga, não
ele quer continuar na dança
mas a dança está marada, irmão
e não me larga a mão