lirikcinta.com
a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 #

lirik lagu a vida é uma bitch – prodígio

Loading...

[letra de “a vida é uma b*tch”]

[intro]
a ganhar coragem para ir dar um beijo à minha cota
mas antes de ir, pode até nem fazer muito sentido
mas quando o que a gente sente, é sentido
não precisa fazer sentido p’ra toda gente
deixa lá dizer alguns mambos

[refrão]
dizem que essa vida é uma b*tch, porque ela é puta (é)
aproveita bem essa b*tch, porque ela é curta
minha velha vive cansada, porque ela luta
mato os pensamentos suicidas, porque ela escuta
eu mato os pensamentos suicidas, a cota escuta
não dá p’ra ser fraco nessa vida, porque ela é bruta
não passes a vida á espera que o tempo não passe por ti
[verso 1]
sabes quantos manos viveram à nossa custa?
e hoje não sabem se um gajo ‘tá vivo, mano, até custa
família cada vez mais pequena, o meio encurta
não é mais a morte, agora a vida é que me assusta
a minha cota faz*se de burra, porque ela é culta
mais importante p’ra reputação, é a conduta
o que a pessoa pensa que és, nem sempre é tua culpa
o mesmo que fala mal da s*m*nte, é que desfruta
e se a pessoa só quer razão, então não discutas (não)
se já sabemos o resultado, então não resulta
se for só p’ra recebermos palmas, esquece a disputa
se a guerra não vai mudar o mundo, volta p’ra luta (p’as trincheiras)
a televisão nos insulta, somos todos tropas sem recruta
agora somos escravos na labuta (porra)
ninguém escuta

[refrão]
dizem que essa vida é uma b*tch, porque ela é puta (é)
aproveita bem essa b*tch, porque ela é curta
minha velha vive cansada, porque ela luta
mato os pensamentos suicidas, porque ela escuta
eu mato os pensamentos suicidas, a cota escuta
não dá p’ra ser fraco nessa vida, porque ela é bruta
não passes a vida á espera que o tempo não passe por ti
[verso 2]
a vida é uma b*tch de saltos e saia curta
e essa b*tch vai te apertar, a saia é justa
mano, nem a própria justiça aqui é justa (não)
juíza deu dois anos no cota e o cota estupra
juíza deu dez anos no puto que apenas furta
detalhe, claro que o puto é black, my n*gga, escuta (claro)
miúda com treze anos no bairro se sente adulta
ela diz que não papa grupos, mas ela chupa (shh)
o governo culpa a malta do bairro, joga*se a culpa
o mesmo governo que nos enrraba
sem kama sutra, dez anos preso por um engano
e nem há desculpas
o crime não tem o me’mo peso p’ra aquele que multa (é mais fácil)
investigações sem perguntas, já somos culpados sem a culpa
o hospital não cura é só consultas
levam o que é nosso sem permuta

[refrão]
dizem que essa vida é uma b*tch, porque ela é puta (é)
aproveita bem essa b*tch, porque ela é curta
minha velha vive cansada, porque ela luta
mato os pensamentos suicidas, porque ela escuta
eu mato os pensamentos suicidas, a cota escuta
não dá p’ra ser fraco nessa vida, porque ela é bruta
não passes a vida á espera que o tempo não passe por ti
[outro]
o tempo passa p’ra toda gente meu irmão
e tem mesmo sentido que daqui p’ra frente
nem tudo vai fazer sentido
mas eu vou me guiar pelos meus sentidos (hm*hm)
se isso não faz sentido p’ra vocês
epá, desculpem
one love, 2da